sábado, 21 de dezembro de 2013

Ciência na europa

está como tudo na europa enviesada para o lado do poder instituido. O novo programa quadro Horizon2020 prevê largas centenas de milhões para ciência, mas só para propostas que prevejam gastos superiores a 5 milhões. Esta regra impede que grupos pequenos possam concorrer de forma independente a financiamento europeu. Terão de estar integrados num consórcio extenso, i.e. terão de ter amigos na europa ou fazer muito networking até lá chegarem. Como já se tornou regra a UE posicionou-se bem do lado dos grandes.

1 comentário:

sb disse...

e ainda tinhas que ver aí quanto foi deixado às ciências sociais. uma miséria. a solução, depois de protestos e queixas e ressalvas, foi deixar um ou dois items para coisas relacionadas com património. portanto: continua a só interessar a indústria, um passado mitificado e um futuro rentável. o presente que vá para o diabo, como já muitas vezes aqui apontámos. mais uma vez, isto vai contra um dos pilares da ideia de europa que iniciou o processo. está na altura de, no mínimo, pará-lo.