quarta-feira, 9 de novembro de 2011

um dia negro para a democracia. Mais um governo em pedaços, mais um governo de salvação nacional, infeliz eufemismo para um governo de supervisão da entrega do país ao capitalismo internacional. O papel do estado mediador entre o mercado global selvagem e o cidadão indefeso parece estar a cair.

E depois a imprensa ainda tenta emprestar racionalidade aos "mercados": "Juros da Itália passam 7% apesar da saída de Berlusconi"

3 comentários:

sb disse...

na verdade, emprestar racionalidade a um sistema que se baseia na confiança parece tarefa impossível. o que é incrível é que a ideia passe...

no mais devíamos estar rejubilantes. nunca o fim esteve tão próximo

(nota de quem não gosta de finalidades)

Zé Miguel disse...

que tempos sombrios

(nota de quem gosta de sol)

Anónimo disse...

acho bastante irónico: depois de tantos protestos, manifestações e greves, berlusconi cai por ordem dos donos!

e vão dois países sem democracia na zona euro!