quarta-feira, 23 de março de 2011

baralha, volta dar e sai macete na mesma

há um par de horas atrás, e espero não estar enganado, o ps não começou a ganhar as eleições. mas o psd começou a perdê-las, que é realmente a única coisa que pode mover alguém a dirigir-se às urnas no próximo dia qualquer coisa. o psd e o pp perderem-nas.

claro que voltamos ao mesmo. o pcp e o be são anti-europeístas mas não se assumem. ambos preferem a oposição do que assumir despesas a governar e, obviamente, ambos não se coligam nunca com um ps liderado por sócrates. e para o outro lado da bancada..bem, os últimos dois, três anos são bem explícitos. era imaginá-lo elevado a qualquer coisa, menos 0.

agora, só me fica uma pergunta, para quê esta merda se daqui por seis meses estamos na mesma? fico sempre espantado com toda a gente que se senta no parlamento, ou quase toda, mas fico ainda mais com os sorrisos de vitória dos opositores do governo. será que não perceberam que não vão ganhar merda nenhuma, pois se tudo ficar razoavelmente na mesma (ou pior, o psd e o pp têm maioria coligados! ai que eu choro!)? ou então, a esquerda coliga-se toda, cai-me o queixo ao chão e peço desculpa por tudo o que aqui disse.

5 comentários:

s.b. disse...

e juro que faço uma festa e paço a primeira rodada.

sb disse...

pago, queria dizer

Zé Miguel disse...

a que esquerda é que te referes? essa é que é a pergunta essencial

Zé Miguel disse...

e são anti-esta-europa porque é a única resposta que se pode dar a esta europa. O que não quer dizer que sejam anti-outra-europa ou mesmo anti-internacionalistas, porque não são e bem.

agora que o zé me levou um bocado de dignidade quando se dirigiu a berlim para se encontrar com a chanceler no intervalo para café e cigarro, lá isso levou! porra, como se pode ser tão burro!

ainda se ele tivesse ido à grécia em solidariedade, ou a espanha em conspiração, ou à irlanda em provocação, ou a bruxelas em negociação...

Anónimo disse...

É precisamente por ser um internacionalista que defendo a saída da ue. É que a união europeia está a contribuir para o fim dz Europa, para o fim da solidariedade internacional. E no entanto, em consequência, esta a forjar uma outra, o que é interessante. Sócrates tem muito que falaz com Zapatero, ou com a Islândia. Portugal, Irlanda, Grécia, têm a Europa na mão. Para a aproveitarem temos de expulsar os psds dos governos e eleger esses tais mauzoes dos anti-europeistas... Só os anti-europeistas poderão salvar a Europa.