sábado, 19 de fevereiro de 2011

como sabemos, e nós ainda melhor do que eles, o rumo pode ser dado em função do destino final, mas também pode ser dado pelo caminho e o caminho é tudo. é a velha questão dos meios e dos fins. mas, sejamos rigorosos, relativamente a fins poucos têm certezas, os meios é o que nos interessa, e já contava kant que devemos fazer dos meios fins -- e assim seremos felizes.

Sem comentários: