terça-feira, 7 de setembro de 2010

crónica de estocolmo

perguntava uma ilustre indiana porque razão andaram os engenheiros nos últimos cem anos entretidos a ir buscar água a centenas de quilómetros de distância (a Castelo de Bode, por exemplo), para servir cidades onde corre um rio. E esta hem?

1 comentário:

segismundo brotafrontes disse...

ahahah ele há uma lucidez que diz que vem com o afastamento. e essa não é descabida. será que era por o rio estar poluído pelo fraco tecido industrial nacional?