quarta-feira, 11 de novembro de 2009

há duas perguntas que me faço desde sempre e que passam por duas das expressões mais usadas, claro está, desde sempre (convenhamos que sempre tem valor igual a todos os anos que passaram desde, sensivelmente, 1986. num toque optimista, presumo que por aquela altura já conseguisse falar e reproduzir, mesmo que maquinalmente, as tais expressões. é claramente optimista, mas tão verosímil quanto uma catatua repetir benfica sempre que ouve alguém pronunciar a palavra glória. ainda assim, talvez fosse mais acertado a palradora gritar concentra):

quem é que afinal apareceu primeiro, a galinha ou o ovo?

e

mas porque é que a excepção confirma a regra e não a contradiz?


desisti de abrir um questionário aqui à nossa direita por faltarem hipóteses a adiantar. de qualquer forma, espero resolver estes enigmas dentro em breve. até porque disso depende toda - e digo mesmo toda porque nem uma pequena aldeia na bretanha escapa - a humanidade. e, quem sabe, também os moluscos.

3 comentários:

Anónimo disse...

tenho que me remidir, desde já, de uma ligeira injustiça neste pouste. é que, ainda que a glória venha com os troféus, não há dúvida que a cabeçada do javi roçou a glória. desde logo pela expressão do próprio e de todos os irmãos, sim irmãos, benfiquistas que gritaram comigo. dois, dos encartados, estavam comigo e não há dúvida que para os três depois de tal epopeia no meio-campo adversário, e chegava a parecer que até éolo estava contra nós na bola à barra, o golo solitário só poderia ser glorioso e do glorioso.

e mais, como com o ulisses, só com a manha e a inteligência das bolas paradas é que se lá foi para mandar abaixo o cíclope do inácio.

peço desculpa pelo interregno, mas há muito que não via o grande benfica ganhar praticamente 11 pontos numa só jornada. 11 iguais aos 3 que ganhou mais os 8 perdidos pelos que mais causam urticária a breve e a longo trecho.

Anónimo disse...

fantástica acumulação de pontos esta, que resume a aritmética benfiquista. não contam os pontos que se ganham, mas sim os que as agremiações que causam urticária perdem.

aliás, sei de fonte segura que em variadas tascas de portugal se penduram já tais tabelas classificativas, provocando a euforia generalizada entre as ostes.

segismundo brota-benfiquismo-endémico-sistémico-e-epidémico disse...

nem seria caso para menos. a multiplicação dos pontos é também um milagre!

e ver o que se passa no relvado da luz atinge o mesmo patamar.

como não podia deixar de ser, a piadinha com jesus vem à tona. por enquanto é só anunciação, mas começa a ser a verdade de uma vida após a morte. até ver.