segunda-feira, 27 de abril de 2009

graças ao barómetro da UE fiquei a saber que sou de esquerda. Obrigado Segismundo, tiraste-me um peso da consciência, sempre me interroguei no fundo da minha consciência se não era afinal um fascizóide recalcado.

Sem comentários: