domingo, 21 de dezembro de 2008

vem por este meio segismundo brotafrontes, filho de alberto mesquita e de maria da saudade, nascido em burguemilde no ano do senhor de 1917 elucidar vossas excelências sobre os vários posts substituidos por (lápis azul). foram alvo de censura, na forma de advertência que muito agradeço e retirando a censura o peso de que enferma, por parte de duas académicas que me alertaram para o facto de não dever publicar aqui os trabalhos. retiro-os, por enquanto e por precaução, até que chegue a uma conclusão sobre os problemas que me colocaram. até lá, temos pena que mais uma vez o trabalho da academia apenas sirva para a academia. não fosse já retro, e não andasse eu farto disso, diria: abaixo a academia. mas vá, como sempre, a academia está morta, longa vida à academia.

Sem comentários: