quarta-feira, 23 de maio de 2007

Por..?

Ainda pensei que fosse por alguma coisa, mas afinal não.
Era porque sim. Isso, como todas as coisas. São.
Dizia quem guardava rebanhos: o mistério das coisas não existe. As coisas são.
Dizia quem pintava quadros por letras: a beleza e a verdade não existem. Existe a procura.
E que tem a ver uma coisa com a outra?
a procura do mistério?
A procura do mistério..
Que é a procura do mistério?
Não sei, mas imagino. Ponho em imagens.
E encontro?

Nesta altura releio o que escrevi.
Sim, encontro o que procuro,
hoje.
Sou uma construção.
Múltipla, fragmentada e em evolução.

Pela janela entra uma senhora muito senhora de si mas com um toque de lá.
E diz a impaCiência: um fractal?
Respondo: Sim!

Sem comentários: